Resgate de Animais

Este é o assunto que mais nos preocupa! Gostaríamos de pedir que você leia esse conteúdo com atenção até o final, pois a situação que você está vivendo hoje é uma preocupação que há anos nós carregamos.

Primeiro, é importante você saber que todos os dias as ONGs e protetores independentes recebem inúmeros casos de animais em sofrimento precisando de ajuda e só há um motivo por não conseguirmos ajudar a todos: A estrutura, recursos e trabalho voluntário que são menores do que a grande demanda que recebemos!

Afinal, a quem temos que cobrar?

Primeiro é importante lembrar que a lei quer coibir o sofrimento dos animais e torna o Poder Público responsável por resolver questões desse tipo. Isso está previsto na Constituição e em Leis Federais, mas sabemos, que infelizmente não é cumprido. As ONGs e protetores fazem um papel complementar devido a ausência do Poder Público. Na maioria das vezes essas ONGs e protetores não recebem qualquer recurso público (como é o caso da PAS), mas continua atuando voluntariamente para tentar impedir esse sofrimento ocasionado pelo descaso do Poder Publico.

O que podemos fazer?

O desconhecimento da lei, a pressa e a urgência em salvar um animal costuma fazem com que esses casos nunca cheguem a conhecimento das autoridades que fiscalizam o Poder Público, com isso, o assunto nunca é resolvido. É neste aspecto que nosso trabalho vem ajudar!

Por isso, queremos que você siga alguns passos diante do caso que está enfrentando:

Registre esse caso conosco!

Não podemos prometer que vamos conseguir ajudar, mas é importante termos conhecimento e registro do caso que você vem enfrentando. Isso permitirá que nós, como entidade de defesa dos direitos dos animais, possamos demonstrar através de casos reais o tamanho do problema que enfrentamos hoje na região.

 

Para registrar é super simples, basta acessar o formulário abaixo:

Levar o caso ao Poder Público

Agora é hora de dar conhecimento ao Poder Público sobre o animal que está em sofrimento, solicitando o resgate do animal para os abrigos já existentes nas cidades. É importante também lembrar que uma Lei Estadual proíbe a eutanásia de cães e gatos em abrigos municipais, exceto em situação de doença contagiosa ou incurável, mediante laudo.

 

As Prefeituras também são responsáveis por realizar campanhas de doação que deêm uma nova chance de vida a esses animais.

 

Segundo a Prefeitura, na cidade de Suzano o órgão responsável para coletar esse tipo de solicitação é a Ouvidoria que você pode acessar através do botão abaixo:   

Acompanhamento

De acordo com a Lei Municipal, a Ouvidoria deverá responder a você sobre o desfecho do caso.

 

Se você mesmo pretende resgatar e ajudar um animal, confira essas orientações, clique aqui.